Blackfield – Blackfield II (2007)

Origem: Inglaterra & Israel
Gêneros: Art Rock, Pop Rock
Gravadoras: Snapper, Atlantic, We Put Out

Blackfield é um projeto colaborativo entre Steven Wilson, fundador e mentor do Porcupine Tree, e o israelita Aviv Geffen. Diferente do Porcupine Tree, onde as músicas eram mais longas e complexas, e tendo algumas pitadas pesadas, Blackfield tem músicas orientadas para o pop tradicional com média de 3 minutos de duração, já que Aviv não era/é chegado a esse tipo de sonoridade, mesmo sendo fã do Porcupine Tree e do Steven Wilson (não me pergunte como ele é fã). A banda de apoio é composta por Daniel Salomon (piano), Seffy Efrati (baixo) e Tomer Z (bateria e percussão). Tanto Aviv quanto Wilson cuidaram das linhas de teclado guitarra, mas um mais que o outro (Wilson cuidou mais da guitarra, enquanto Aviv mais o teclado).

A sonoridade do grupo, mesmo sendo mais tradicionalista, funciona muito bem e nenhum pouco cansativa. Blackfield II é composto dez belas faixas que juntas duram em torno de 42 minutos, algumas tristes como “1,ooo People” e “Some Day”, outras soando mais positivas como a introdução do disco, “Once”, a canção mais curta do álbum, “Where Is My Love?”, e a melhor faixa do disco, “Miss U”, única faixa cantada por Aviv isoladamente. As linhas vocais de ambos estão muito bem realizadas, sejam ambos cantando juntos ou isolados em cada faixa (Wilson canta seis das dez canções), assim como a banda de apoio faz um trabalho interessante e consistente. Outro destaque que deve ser notado certamente é a produção/mixagem de Steven Wilson, que ficou belíssima, sendo tudo audível claramente. E para encerrar o trabalho, “End Of The World” termina de uma forma apaixonante e o dueto funciona perfeitamente, assim como nas outras faixas que isso ocorre, mas essa canção merece um destaque maior, além de ser a mais longa do álbum com 5 minutos.

Blackfield II, segundo disco do Blackfield, mostra um trabalho maduro, consistente, grudento, bonito e gostoso de se ouvir da primeira faixa até a última. Não tem sequer um motivo para pular alguma faixa ou algum momento separado. Você sente prazer em ouvir e escutar todos os arranjos e harmonias do álbum. Se você quer algo pesado ou complexo, aqui não é seu disco. Agora, se quer um pop tradicional e até comercial, porém bem construído e com uma ótima atmosfera geral, este álbum é recomendadíssimo. E se quer que seu pai, mãe ou quem quer que seja, que ouve músicas que você considera ruim e pop, indique-o Blackfield II. Certamente ele(a) ficará agradecido(a).

1 – Once

2 – 1,000 People

3 – Miss U

4 – Christenings

5 – This Killer

6 – Epidemic

7 – My Gift Of Silence

8 – Some Day

9 – Where Is My Love?

10 – End Of The World

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s