Eyes Set To Kill – The Best Of ESTK (2011)

Origem: Estados Unidos
Gêneros: Metalcore, Pós-Hardcore, Screamo
Gravadoras: Foresee, Maphia Management

Mais uma banda da nova onda do metalcore, o ESTK (usarei a sigla porque sou preguiçoso) lançou em 2011 o álbum White Lotus, primeiro com o novo vocalista da banda, Cisko Miranda. E no mesmo ano saiu esta coletânea (sem o Cisko, aqui os gritos são encarregados pelos ex-vocalistas, Brandon Anderson e Justin Denson, cada um dependendo da canção), logicamente, uma escolha entre as “melhores” músicas, entre aspas pois é algo pessoal de cada um escolhas entre melhores e piores. O ESTK possui como grande líder a vocalista Alexia Rodriguez, bom vamos à músicas.

Abrimos com ‘Darling’, temos os 10 primeiros segundos bem tensos, Brandon Anderson parece querer dá uma de “badass”. A canção não é ruim, mas não chega a ser algo bom realmente, apenas regular, gosto da voz da Alexia, é uma boa cantora, apenas um pouco enjoadas em partes que ela tenta “chorar” nas músicas, mas é um dos destaques da banda. ‘Darling’ segue com um enorme breakdown, naquele espaço “vazio” poderia preencher com algo mais interessante, mas adolescentes tão badass quanto Brandon Anderson devem gostar. Os screamos deslocam as canções, se você gostar de algo sem noção e de metalcore, pode até curtir, mas na maioria das faixas o clima que Alexia e a banda (que não é ruim, o álbum possui bons riffs e o grande destaque, a bateria, com bases boas também) é quebrada por partes no-sense de gritos. E não, screamos não me agradam, mas não crítico só por isso, eu gosto de ESTK em partes, e o que me afasta de ouvir a banda é que não souberam juntar as suas influências, não estudaram o suficiente para ver o que fica bom ou não, minha opinião, o que faz genérico e apenas mais uma banda de screamo ou metalcore.

Você pode ouvir uma canção (talvez ’Broken Frames’), se gostar não vai se arrepender de ouvir o CD, em boa parte ele é do mesmo jeitão, o instrumental mesmo parecendo limitado faz um bom trabalho, a voz da Alexia é agradável na maioria das vezes. Para uma coletânea, a ordem das músicas deixaram a desejar, as canções mais agitadas fazem parte da primeira metade do disco, e as baladas, deprês e etc são a “segunda metade”. E essa última parte é mais agradável, sem o deslocamento musical que gritos no-sense levam, mostra o potencial da banda. Apenas detalhes que não gostei foi a pitada de influência de música eletrônica, não “combinou” nas canções em que está presente. E também a falta de destaque que o baixo de Anissa Rodriguez, irmã de Alexia, teve. Resumindo, é uma banda simplória, mas não ruim, tem bastante coisas a melhorar e que vão exergar com o tempo, boas inspirações seriam bandas como Lamb Of God e Trivium.

Um pensamento sobre “Eyes Set To Kill – The Best Of ESTK (2011)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s