Guns N’ Roses – Appetite For Destruction (1987)

Origem: Estados Unidos
Gênero: Hard Rock
Gravadora: Geffen

Absoluto clássico da banda de Los Angeles, Appetite For Destruction sempre é lembrado quando o assunto é “melhores álbuns de estreias por bandas”. Foi um álbum realmente que teve grande impacto, o Guns não era e nunca será a banda mais técnica do mundo, mas tem os seus merecidos créditos, na sua estreia levou o hard rock para outro patamar ao meu ver, sendo algo mais pesado ( não para ser considerado heavy metal como algumas revistas fizeram), e diferente de certo modo. ‘Welcome To The Jungle’ abre o disco para mostrar o “perigo” que a banda estava fazendo, com ótimos riffs e uma dupla de guitarras afiadas. ‘It’s So Easy’ é considerada uma das mais diferentes do álbum, Lars Ulrich do Metallica ficou impressionado não com a música em si, mas com a perfomance vocal de Axl Rose, e seguindo o agitamento vamos assim até quase o final do álbum, com a ótima ‘Nightrain’, ‘Out Ta Get Me(uma das minhas favoritas do disco), ‘Mr. Brownstone’, a famosa ‘Paradise City’ que a maioria das pessoas  se empolgam com ela por ser  agitada e etc, mas analisando com mais paciência dá para perceber que não é só uma música com refrão cativante, é uma das melhores do disco por sua versatilidade, hora ela fica lenta, hora fica pesada, mais rápida etc… E ainda a “sensual” ‘My Michelle’, todas músicas de boas para muito boas canções, mas mostrando que mesmo Appetite sendo um grande álbum, precisa de audições extras, o que também é ótimo, discos que você acaba adorando muito na primeira vez acabam esquecidos na pratileira da sua instante ou nos seus arquivos do computador.

Só diminuímos o ritmo com a oitava faixa, ‘Think About You’, uma muito boa power-balada, e com ótimo groove e refrão. A nona faixa é outra balada, fazendo dobradinha com ‘Think About You’, e é a super conhecida ‘Sweet Child O Mine’, aonde mostra que a banda estava afiada também nas suas canções mais melódicas do disco, ‘Sweet Child O Mine’ tem o tão famoso riff de guitarra, ótima base de Izzy Stradlin (guitarra base), um grande solo de Slash (guitarra solo), e um final sensacional. Mas voltamos à “doidera” do álbum, e agora temos ‘You’re Crazy’, a animada ‘You’re Crazy’. Gosto mais da versão do EP G N’ R Lies, tendo mais feeling e um Axl mais inspirado, mas a versão “original”, a do Appetite For Destruction, irá agradar os mais agitados, sendo uma porrada (claro que não chega a ser algo totalmente extremo) para nossos ouvidos. E decisão de colocar ‘Anything Goes’ logo depois de ‘You’re Crazy’ foi muito feliz, para mim as duas se “completam”. ‘Anything Goes’ é uma faixa viciante, com um refrão muito bom para se cantar. Terminamos com ‘Rocket Queen’, boa opção para encerrar o disco. É a mais comprida do álbum, o porque disso é pelo fato de Axl querer passar uma mensagem de esperança para a garota que o inspirou a fazer a canção, ou de qualquer pessoa que acha que se encaixe no perfil, então ‘Rocket Queen’ termina mais romântica. Canção muito boa, conhecida pelos gemidos de Adriana Smith na metade da faixa. Também fica sensacional ao vivo.

Appetite For Destruction não é algo genial, mas mesmo assim algo cheio de inspiração, neste álbum o Guns N’ Roses conseguiu expandir um pouco mais o gênero hard rock, pena que os lançamentos inéditos com a formação chamada clássica terminou com os User Your Illusion. Merece total reconhecimento pela pequena “revolução” dentro de um estilo.

1 – Welcome To The Jungle

2 – It’s So Easy

3 – Nightrain

4 – Out Ta Get Me

5 – Mr. Brownstone

6 – Paradise City

7 – My Michelle

8 – Think About You

9 – Sweet Child O’ Mine

10 – You’re Crazy

11 – Anything Goes

12 – Rocket Queen

2 pensamentos sobre “Guns N’ Roses – Appetite For Destruction (1987)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s