Aerosmith – Get Your Wings (1974)

Origem: Estados Unidos
Gêneros: Blues Rock, Hard Rock
Gravadora: Columbia

Depois de seu álbum de debut em 1973 que contava com clássicos que nem Dream On e Mama Kin, o Aerosmith lançava no ano seguinte Get Your Wings. E a banda composta por Steven Tyler nos vocais, flauta, percussão, teclado e gaita, Joe Perry na guitarra, percussão e vocais de fundo, Brad Whitford na guitarra base e Tom Hamilton no baixo tinha  grande influência do blues em sua música, e com isso tinha o dever de manter o alto nível do álbum de estreia da banda. O disco de 1974 conta com dois lados, cada um com 4 músicas, mas agora sem enrolar mais, vamos as musicas.

O primeiro lado abre com Same Old Song And Dance, canção animada e que dá vontade de dançar, e aqui a famosa banda de Boston mostra um blues rock poderoso com grande destaque para o guitarrista Joe Perry que faz solos e acompanhamentos para a voz de Steven Tyler que ficaram sensacionais. E não podemos passar em branco sem notar os  saxofones, trompete e trombone tocados por Michael Brecker, Randy Brecker, Stan Bronstein e Jon Pearson, tornando a música mais blues ainda. Uma boa continuação é Lord Of The Thighs que continua o clíma dançante da primeira canção, mesmo sendo mais arrastada, ótimo refrão e solo de Joe Perry, lembrando os de Jimmy Page. Spaced possuí uma intro estranha de mais de 40 segundos, que poderia ter sido descartada facílmente. Mas isso não prejudica na qualidade musical da faixa, que é ótima, seguindo o estilo mais arrastada de Lord Of The Thighs, principalmente o refrão. Destaque para a versatílidade vocal de Steven Tyler. E para acabar o primeiro lado temos Woman Of The World, a mais comprida do disco com 5 minutos e 49 segundos. A intro é bem relaxante e logo depois dela começa um solo de Joe Perry tirando aquela mesmice que o vocalista já começa cantando suas músicas. A última faixa do primeiro lado de Get Your Wings tem um instrumental muito bem elaborado e até com Steven Tyler tocando gaita, mas não é uma música que caia de primeira, mesmo eu não achando ela uma das melhores do disco, é bastante interessante e merece atenção.

Abrimos o Lado 2 com S.O.S. (Too Bad), a mais curta com 2 minutos e 51 segundos. Ela mantém o mesmo ritmo dançante do primeiro lado assim como a famosa Train Kept A Rollin’, que para mim é uma das melhores do álbum, com Joe Perry e Steven Tyler (os chefões) inspirados, e Tom Hamilton fazendo uma grande linha de baixo. Esses solos do Joe Perry são de matar! Seguimos com a balada do disco, Seasons Of Wither, que atropela lindamente qualquer balada que o Aerosmith fez nos anos 90 (exemplos são Crazy, Cryin e Amazing) para tentar ser mais acessível. Com um feeling íncrivel e com um belo refrão é a que eu considero a melhor balada do grupo, desbancando a também bela Home Tonight do álbum Rocks. A última canção é Pandora’s Box, que é inspirada em músicos do gênero Soul dos anos 60 e 70. Ela é bem divertida, e mantém o nível do disco, outro excelente refrão, uma das melhores do álbum!

Muitos se falam que o Aerosmith se vendeu para a mídia, assim como fez Bon Jovi, mas na verdade é que essas pessoas nunca procuraram ouvir os álbuns antigos do Aerosmith, que são clássicos do rock n’ roll e blues rock, o que descreve o Get Your Wings. Um álbum muito bem feito e que demora um pouco para o digerir bem por inteiro, no que é uma coisa boa, muitas das vezes os CD’s que você vicia de primeira acaba esquecidos ao tempo, já discos que nem Get Your Wings você ouvirá 2, 3, ou 4 vezes até achar ele um grande álbum e depois vai acabar o ouvindo por muitas mais vezes.

3 pensamentos sobre “Aerosmith – Get Your Wings (1974)

    • acho q a gafe foi dizer nem dizer o nome de woman of the world, uma das melhores composiçoes de tyler d qdo nem existia aerosmith… aerosmith naum se vendeu, as dos 90 superam sim as dos 70 o q nuam ofusca os 70, se não concorda va aprender a tocar todas as musicas de todos os albuns como eu toco e depois vamos discutir d novo o assunto… nomes como aerosmith, david bowie e tals, sao icones incomparaveis de evolução

      • Bom, eu comentei SIM sobre Woman Of The World… E eu disse que falam, e é verdade, que o Aerosmith quis ser mais acessível nos anos 90, não preciso tocar sequer uma música não interessa de que década da banda para tirar essa conclusão. Você não soube interpretar o que eu disse ou é um fã cego da banda, enfim, obrigado pelo comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s