Van Halen – Van Halen (1978)


Origem: Estados Unidos
Gênero: Hard Rock
Gravadora: Warner Music Group

O Van Halen já fazia sucesso antes de seu primeiro álbum, tocando covers em bares de Los Angeles. Chamaram a atenção de Gene Simmons do Kiss, que quase conseguiu que o quarteto gravasse o seu debut, mas no final não deu certo. Em 1977 um produtor da Warner Music Group ouviu a banda e gostou daquilo, e deu a chance de gravarem seu primeiro album de estúdio. A pergunta que fica é se os produtores da Warner Music Group já esperavam algo tão grandioso e acima da média que o Van Halen conseguiu deixar marcado, logo no seu álbum de estreia.

As quatro músicas iniciais mostra toda a força do Van Halen, músicas que eu duvido que qualquer um que esteja lendo essa resenha nunca ouviu, mesmo se não sabe o nome, clássicos absolutos. A primeira faixa é Runnin’ With The Devil, que intro de baixo! Um refrão que fica na sua cabeça o dia inteiro se você ouvir ela pelo menos uma vez. É de certa uma das músicas que eu mais gosto do Van Halen(se não for a que eu mais gosto), e só para ficar melhor, a segunda faixa é Eruption. Eddie Van Halen faz algo que ninguém tenha feito antes, algo tão forte(e rápido, muito rápido) que nem uma erupção. Eu admito que eu não acho ela tudo isso que dizem, mas é incontestável a importância do solo de Eddie para toda uma geração(ou duas, ou três).

You Really Got Me continua o disco com alto nível, só enjoa um pouco os gritos de David Lee Roth, mas a música não deixa de ser outro super clássico da banda. Ain’t Talkin’ Bout Love é uma canção excelente, e como o Van Halen sabia(sabe) fazer Hard Rock, é de arrepiar!

Quinta faixa é I’m The One, riff inicial muito bom, e mesmo  que ela não seja tão famosa que nem as quatro primeiras é uma musica muito boa, Hard Rock de primeira e encerrando o primeiro lado do disco muito bem(e que refrão!). Abrindo o segundo lado temos Jamie’s Cryin’, e que intro dos Senhores Michael Anthony e Eddie Van Halen, estão de parabéns. Ótima faixa, outro refrão que fica na cabeça, e que instrumental, Alex Van Halen e Michael Anthony fazem a “cozinha” muito bem, e esse tal de Eddie Van Halen é fora do normal… Outra excelente faixa do disco.

Seguimos com Atomic Punk, que é uma boa faixa, mas como esse album é um dos maiores e  melhores que eu já ouvi no Hard Rock, não segui o mesmo nível dele. Mas logo em seguida temos Feel Your LoveTonight, que riff! E que refrão. Essa faixa possuí uma clima muito gostoso, faz você se sentir bem e o instrumental está outra vez espetacular, otima faixa,que dá gosto de ouvir!

Little Dreamer é a nona canção, e eu estou me esforçando para não fazer dessa resenha algo repetitivo, porque todas músicas são ótimas(apenas Atomic Punk, que eu acho boa). Grande trabalho instrumental outra vez da banda inteira, com um refrão bem bom.  Esse álbum do Van Halen mostra ser uma das essências do Hard Rock, impossível não pensar isso quando está o ouvindo. Ice Cream Man começa com violão, mas ao passar da música ela fica poderosa e lembra as canções de Elvis, algo dançante e bem divertido!

A última faixa é On Fire, que começa com uma intro matadora, até David Lee Roth começar a cantar, mantendo o grande ritmo da música. O baixo de Michael Anthony é com certeza um dos maiores destaques do álbum, mostrando isso na ultima faixa(junto é claro, com seu comparça Eddie Van Halen). Faixa muito poderosa e com um instrumental invejável, termina o álbum com grande classe, e com gostinho de quero mais, coisa que poucos álbuns que você ouve pela primeira vez deixa.

“Van Halen I” como também é conhecido o disco, é algo totalmente grandioso e com certeza um dos melhores albuns de Hard Rock já feito na historia, se você quer começar ouvir a esse estilo, é um album totalmente recomendado. E mesma coisa se você quiser começar a ouvir a discografia desses caras, o primeiro album é talvez a melhor escolha a se fazer!

3 pensamentos sobre “Van Halen – Van Halen (1978)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s